Pesquisar neste blog

Carregando...

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Empresas em sincronia com as competências interpessoais

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br
Atitudes certas, adotadas no momento em que a empresa mais necessita e sem, obrigatoriamente, a presença da liderança. Um profissional que apresenta um comportamento como esse, certamente passará a ser visto com bons olhos tanto pelo seu gestor quanto pela direção, uma vez que através de sua iniciativa conseguiu administrar uma situação inesperada. Quem dera que toda empresa tivesse em seu quadro colaboradores com características similares, mas isso não é algo intangível, pelo contrário. Atualmente, quando uma vaga surge para ser preenchida, logo no início do processo seletivo, o contratante observa quais os candidatos que possuem as chamadas competências interpessoais. Ou seja, aquelas que no dia a dia agregarão valor significativo ao desempenho do profissional e à própria equipe que ele integrará.
Para enfatizar quais as competências interpessoais que o mercado globalizado tanto valoriza, o RH.com.br entrevistou Rafael Kaysel, consultor e especialista em Competências Interpessoais e Relações Humanas pela Net Profit Brasil. Kaysel que também atua como coach, menciona que dentre as várias competências interpessoais valorizadas pelas companhias encontram-se as chamadas Core Competences: autoconfiança; automotivação, a comunicação eficaz, a inteligência social e o autoconhecimento. "O sucesso pessoal e profissional estão diretamente relacionados às atitudes e às habilidades que temos de nos relacionar com as pessoas e o meio em que vivemos", pontua o consultor. Boa leitura e confira a entrevista na íntegra!
RH.com.br - O que podemos compreender por competências interpessoais?
Rafael Kaysel - Competências interpessoais são as atitudes, habilidades e conhecimentos que as pessoas utilizam em sua relação com outras pessoas e o meio em que vive. Muitas vezes, é bom enfatizarmos que os indivíduos podem usar estas competências de forma consciente ou utilizá-las de forma instintiva. Através de treinamentos específicos as pessoas passam a utilizar conhecimentos específicos para atuar de forma ainda mais eficaz.
RH - O que levou as empresas a valorizarem tanto as competências interpessoais dos profissionais?
Rafael Kaysel - Vivemos na Era do Conhecimento, onde o capital intelectual é muito valorizado como diferencial das empresas. Na maioria das vezes, acreditamos que somente o conhecimento técnico é suficiente para conseguirmos os resultados em nosso trabalho e nos esquecemos de outras variáveis muito ou até mais importantes, que são nossas atitudes e habilidades. Cada vez mais as empresas precisam ter os seus setores sincronizados, exigindo um perfeito entrosamento entre as pessoas que trabalham nos mesmos processos. Cada vez mais o cliente apresenta expectativas crescentes sobre a forma pela qual deseja ser atendido e respeitado como pessoa. Cada vez mais os líderes necessitam obter o comprometimento dos seus liderados. Cada vez mais se comunicar de forma eficaz, relacionar-se bem com as pessoas, falar em publico, saber controlar as emoções em situações de pressão e estresse, conseguir liderar e ser liderado, vender ideias, dentre outras competências, vem tornando-se essenciais e um grande diferencial competitivo para empresas de todos os segmentos.
RH - Quais as competências interpessoais mais requisitadas pelo mercado?
Rafael Kaysel - Existem várias competências interpessoais valorizadas pelo mercado. Porém, no dia a dia, vemos que algumas das principais - as chamadas Core Competences - são a autoconfiança, a automotivação, a comunicação eficaz, a inteligência social e o autoconhecimento. Por quê? Porque essas competências ao consideradas as mais básicas e se bem desenvolvidas pelos profissionais podem alavancar diversas outras competências importantes no mundo atual como, por exemplo, liderança, vendas de ideias, falar em público, relacionamentos interpessoais, empreendedorismo, flexibilidade, entre outras.

RH - As competências são natas ou podem ser desenvolvidas por qualquer pessoa?
Rafael Kaysel - Existem pessoas que podem nascer com um dom ou uma aptidão para línguas estrangeiras, matemática, práticas desportivas. Assim como há pessoas com tendências para liderar equipes, vender, empreender. Porém, a realidade mostra que qualquer pessoa pode, se quiser, tenha foco, vontade e disciplina desenvolvendo suas atitudes, desenvolver através de estudo - desenvolvimento de conhecimento -, e treino -desenvolvimento das habilidades -, suas competências.

RH - As competências interpessoais são importantes para qualquer segmento profissional?
Rafael Kaysel - Dependendo do cargo, da função e do setor de atuação podem ser mais ou menos importantes. Porém vemos que, cada vez mais, o sucesso pessoal e profissional estão diretamente relacionados às atitudes e às habilidades que temos de nos relacionar com as pessoas e o meio em que vivemos.

RH - No dia a dia, como as organizações conseguem estimular o desenvolvimento das competências interpessoais entre seus colaboradores?
Rafael Kaysel - A liderança e a cultura da empresa influenciam muito para criação de um ambiente favorável para o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas e de suas competências interpessoais. Por isso, as empresas vêm cada vez mais buscando formas de desenvolver uma cultura e líderes voltados para o desenvolvimento e a capacitação de seus colaboradores, através de programas de treinamentos comportamentais, de coaching - metodologia que utiliza ferramentas eficazes no auxilio do desenvolvimento pessoal e profissional para aumento de performance e busca de metas e objetivos -, e de mentoring -programa de orientação.

RH - Essas competências podem ser trabalhadas a partir de iniciativas próprias e individuais dos profissionais?
Rafael Kaysel - Muitas empresas oferecem recursos aos seus colaboradores, para que desenvolvam ou aprimorem competências. Contudo, podemos observar que cresce o numero de pessoas e de profissionais que nos procuram para participar de programas de coaching e treinamentos com o objetivo de se desenvolverem e se destacarem no mercado.

RH - Quais os benefícios que as competências interpessoais geram aos profissionais?
Rafael Kaysel - O que faz um vendedor vender mais do que outro, sendo que ambos disponibilizam aos clientes o mesmo produto, da mesma empresa? Sem duvida são as presenças das competências interpessoais, da habilidade de comunicação, de se relacionar com as outras pessoas, a automotivação e a autoconfiança. Portanto, esses podem ser fatores chave de diferenciação frente aos concorrentes, pois podem aumentar significativamente sua performance. Segundo pesquisa realizada pela consultoria americana McKinsey, 84% dos profissionais com atitudes comportamentais desenvolvidas estão satisfeitos com sua carreira.
RH - Que vantagens há na contratação de pessoas com competências interpessoais destacadas?
Rafael Kaysel - Diria que essas pessoas tendem a atuar de acordo com as necessidades atuais do mercado que é fazer mais, melhor, com maior rapidez mais. Ou seja, esses profissionais oferecem ao ambiente corporativo maior produtividade, maiores e melhores.

Palavras-chave: | Rafael Kaysel | aprendizagem | competência |

Nenhum comentário:

Postar um comentário